Quinta, 20 de Janeiro de 2022 19:35
62998378683
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Comissão aprova projeto que autoriza municípios a publicar editais de licitação na internet

Marina Ramos/Câmara dos Deputados Leonardo Monteiro: publicação em jornais impressos onera os municípios A Comissão de Trabalho, de Administração...

06/01/2022 15h15
Por: Jorge Neris Fonte: Agência Câmara de Notícias
Leonardo Monteiro: publicação em jornais impressos onera os municípios - (Foto: Marina Ramos/Câmara dos Deputados)
Leonardo Monteiro: publicação em jornais impressos onera os municípios - (Foto: Marina Ramos/Câmara dos Deputados)

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que permite aos municípios publicar os editais de seus processos licitatórios em diário oficial eletrônico. Segundo a proposta, a divulgação na forma eletrônica dispensa o município de publicar o edital em jornal diário de grande circulação.

O Projeto de Lei 3824/19, do deputado Rubens Otoni (PT-GO), foi aprovado na forma do substitutivo do relator, deputado Leonardo Monteiro (PT-MG). “Tais publicações exigidas pela legislação federal por vezes oneram demasiadamente os municípios, em especial os pequenos, que já contam com orçamento limitado”, observou Monteiro.

O texto aprovado altera a atual Lei de Licitações e Contratos Administrativos (8.666/93), cuja vigência se encerra em abril de 2023.

O substitutivo do relator também altera a nova Lei de Licitações e Contratos Administrativos (14.133/21), aprovada em 2021, para revogar dispositivos que exigem a publicação de extrato do edital em diários oficiais e em jornal diário de grande circulação.

“Em razão da divulgação obrigatória das contratações no Portal Nacional de Contratações Públicas (PNCP) e facultativa nos sítios oficiais dos entes subnacionais, a exigência de publicação em diários e jornais impressos é totalmente desnecessária, representando, na prática, desperdício de recursos públicos”, observou o relator.

Tramitação
O projeto ainda será analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

 

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias